Honmon Butsuryu-Shu – Porto Alegre

“Perfeição não é fazer tudo certo é haver equilíbrio em tudo”


Deixe um comentário

Arigatougozaimassu!


ARIGATOUGOZAIMASSU 

Usamos esta palavra de saudação, ou cumprimento, entre os fiéis da Butsuryu-Shu. Substitui os: “bom dia”, “boa tarde e” “boa noite”.

Na língua japonesa, o uso desta palavra é geralmente de agradecimento. Entretanto, por ser composta pelos ideogramas ARI (existir) e GATAI (difícil) possui, implicitamente, o significado de alguma coisa difícil.

No nosso cotidiano, tomamo-nos incapazes de valorizarmos o que temos: a saúde, a família, os amigos, a casa, a comida, o trabalho, etc. Entretanto, nada é meramente casual. Tudo tem sua causa e efeito. Os fatos não ocorrem pela nossa simples vontade de que isso aconteça e nem as pessoas se encontram onde e quando desejamos.

A nossa própria existência já é um episódio digno da mais profunda reflexão. O nascimento de um ser humano nunca é um acidente, mas, sim, é um resultado de uma meticulosa programação das leis do Universo. Sem, contudo, entrar no mérito da questão, do ponto de vista científico de um laborioso processo genético científico ou do aspecto religioso; podemos afirmar que cada nascimento só se concretiza após uma sucessão ilimitada de fatos rigorosamente ordenados. Em primeiro lugar: é necessário que seus pais tenham nascido e se encontrado. Mas para isso era preciso, também, que os pais deles (e já são quatro) tivessem nascido e se encontrado. Por sua vez, cada um desses quatro descende de outros dois pais, etc. Em outras palavras, cada um de nós tem 2 pais, 4 avós, 8 bisavós e 16 tataravôs.

Mas se retrocedermos mais uma geração, isto é, até a quinta geração, o número de avós aumenta para 256; na sexta para 65.536. Obviamente, cinco gerações apenas não constroem uma humanidade, mas o número de avós já é surpreendentemente grande. Assim, cada ser humano é resultado da existência, e do encontro entre si, de um número infinito de ancestrais em sua devida época.

Por essa razão, ao pronunciarmos ARIGATOUGOZAIMASSU, no nosso dia a dia, estamos agradecendo a oportunidade de encontrarmos um ao outro e, juntos, de praticarmos a fé religiosa. Acima de tudo, estamos manifestando a nossa profunda gratidão pela rara oportunidade que tivemos da nascer entre os seres humanos e principalmente de encontrar o Gohonzon do Odaimoku.

O mestre Nissen Shounin nos ensina a utilizar esta palavra como um hábito oral.


Deixe um comentário

Como Pronunciar as Orações da HBS


Arigatougozaimassu,

Hoje posto para vocês um link com a pronúncia correta das Orações da HBS

playermp3.swf

Arigatogozaimassu.


Deixe um comentário

Fotos do Festival


Arigatogozaimassu,

Como prometi, posto agora as fotos do Festival. Desculpe a demora.

Durante a semana vou adicionando novas fotos.

Este slideshow necessita de JavaScript.